Chimichurri defumado



O chimichurri é um molho tradicional das parrillas argentinas e uruguaias e é mais certo que o nosso molho a campanha nos churrascos dos hermanos.


Cada país e cada família tem a sua receita, mas a base é a de uma vinagrete clássica: azeite e vinagre. No Uruguai experimentei várias versões do chimichurri, e os que eu mais gostei levavam páprica e tinham um toque picante.


Minha receita acabou sendo uma junção de tudo que eu gostei em cada um. Fica ótima não só com carnes vermelhas, mas também com aves e sanduíches.


Ingredientes

1 xícara de água 1/2 colher (chá) de sal grosso 1 dente de alho picado 1/2 pimenta dedo de moça 1 pimentão vermelho pequeno 1 folha de louro 1/2 maço de salsinha fresca 1 colher de chá de orégano seco 1/2 colher de chá de páprica defumada ou picante 1 e 1/2 colher de sopa de vinagre de vinho tinto 3 colheres de sopa de azeite

Preparo


1. Comece preparando a salmoura: ferva a água, acrescente o sal grosso e a folha de louro. Deixe esfriar.


2. Lave o pimentão, espete-o com um garfo e leve direto à boca do fogão. Vá girando até que fique preto. Depois lave-o em água corrente para retirar a pele e corte-o em cubinhos pequenos.


3. Retire as sementes da pimenta e fatie-a em cubinhos pequenos. Fatie o alho e a salsinha bem fino.


4. Esta parte é opcional, mas faz diferença: leve os ingredientes picados a um pilão e macere bem.


5. Junte tudo à salmoura. Acrescente o orégano, a páprica, o vinagre, e o azeite. Deixe descansar por pelo menos 1 hora antes de servir.


Rendimento: cerca de 1 xícara

Dura 1 semana na geladeira, em um pote de vidro bem tampado.