Gambas a guilho




Em Lisboa você encontra gambas a guilho em praticamente todo restaurante. É uma entrada típica de lá: camarões salteados com muito alho e azeite pra comer com pão.


Acho que de 10 refeições que fiz em Lisboa, 8 tiveram gambas a guilho. É tão bom que ficava difícil variar! Ainda estou tentando entender o que seria o guilho que acompanha as gambas – é como os portugueses chamam os camarões –, mas tudo indica que é uma espécie de tradução de ajillo das gambas al aljillo, um prato típico espanhol e consumido em toda a península ibérica.


Independentemente da origem, aqui vai uma versão abrasileirada da coisa. Dica: sirva direto na panela, de preferência uma frigideira de ferro, com uma generosa porção de pão bom.


Ingredientes

400g de camarão sem casca 4 dentes de alho 1/2 pimenta dedo de moça 2 colheres de sopa de manteiga 3 colheres de sopa de azeite 2 colheres de sopa de salsa picada 1/2 xícara de cachaça de boa qualidade 1/2 limão siciliano 1/2 colher de chá de páprica picante sal e pimenta do reino a gosto


Preparo


1. Comece aquecendo uma frigideira larga (se tiver uma de ferro, é ideal) no fogo alto. Depois que estiver bem quente, adicione o azeite e a manteiga.


2. Quando a manteiga derreter, acrescente os camarões já limpos, sem casca (eu gosto de deixar só o rabo, pra ficar bonitinho). Depois de colocar na panela, não mexa. Deixe grelhar por 1 minuto e, aí sim, vire-os para grelhar mais 1 minuto do outro lado. Enquanto estão grelhando, tempere com sal e pimenta do reino, dos dois lados.


3. Abaixe o fogo para médio e acrescente o alho e a pimenta dedo de moça sem sementes cortados em cubinhos pequenos. Refogue por cerca de um minuto, até o alho dourar.


4. Acrescente a cachaça e raspe o fundinho da panela. Acrescente a salsa picada, mexa só para incorporá-la ao molho que se formou e desligue o fogo. Regue com meio limão.


Rendimento: 4 porções